Home » Notícias

Comitiva da União Europeia conhece diferenciais logísticos do Porto Itapoá

19 setembro 2017

O Porto Itapoá recebeu na última quarta-feira (13/09) representantes de países-membros da União Europeia com embaixadas no Brasil. A comitiva de 20 pessoas, a maioria de especialistas nas áreas econômica e comercial, viajou à Santa Catarina para conhecer as potencialidades industriais e as oportunidades de negócios, bem como para ver de perto os diferenciais logísticos do estado. A visita à Itapoá cumpriu este objetivo.

O intercâmbio ganha relevância tendo em vista a iminência de o acordo Mercosul-União Europeia ser finalmente firmado – o que deve ocorrer até o fim do ano – sob a liderança do Brasil, que acaba de reassumir a presidência do bloco regional. Santa Catarina passa a ter uma importância estratégica neste contexto.

O Estado é o sexto maior PIB entre as unidades da federação. Sua indústria (que responde por 30% da economia estadual) é a mais diversificada e desconcentrada do pais, ocupando a terceira colocação no ranking nacional de competitividade, de acordo com dados da FIESC – Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina.

Em 2016, 17% das vendas externas (exportações) de Santa Catarina destinaram-se à União Europeia, um fluxo total de US$ 1,3 bilhão. Já as importações da UE via Santa Catarina alcançaram US$ 1,8 bilhão no período.

Na terça-feira (12/09), a comitiva participou de um seminário na sede da FIESC, em Florianópolis. Na ocasião, o chefe da seção de assuntos comerciais da delegação da União Europeia no Brasil, Nicola Ardito, destacou o crescimento do protecionismo no mundo, influenciado pelos Estados Unidos. Ressaltou, porém, que o bloco europeu tem combatido este tipo de política por meio de acordos com outros blocos e países, destacando a importância do acordo Mercosul-UE.

O presidente da FIESC, Glauco José Côrte, salientou, durante o encontro, que Santa Catarina conta com uma base econômica sólida e capital humano capacitado, que contribuirão para que as oportunidades de negócios sejam concretizadas. Os 12 países da UE representados na comitiva eram: Alemanha, Croácia, Espanha, França, Finlândia, Hungria, Irlanda, Holanda, Polônia, Romênia, Reino Unido e Itália. Participaram ainda do encontro representantes da Costa Rica.

Obras de Expansão

Inaugurado em junho de 2011, o Porto Itapoá já é o sexto terminal brasileiro em movimentação de contêineres. É também considerado um dos mais eficientes e produtivos do país. Com as obras de expansão iniciadas no segundo semestre de 2016, sua capacidade de movimentação de cargas passará dos atuais 500 mil TEUs (medida padrão para contêiner de 20 pés) para 2 milhões de TEUs anuais.

Os investimentos neste projeto somam R$ 500 milhões, com prazo de conclusão de até cinco anos. A área física do Porto passará dos atuais 150 mil m² para 450 mil m². O cais, que hoje tem 630 metros de comprimento, passará a ter 1,2 mil metros. Até maio de 2018, a previsão é de que pelo menos mais 100 mil m² de pátio e 170 metros de píer estejam prontos para a operação. Com isso, a capacidade de movimentação, já em 2018, poderá ser de 1,2 milhões de TEUs/ano.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...