Home » Notícias

Dia Internacional do Cooperativismo. SC é referência nacional

19 junho 2017 3.897 Visualizações

Os expressivos resultados em Santa Catarina demonstram que o Estado cumpre muito bem a mensagem implícita no tema do 95º Dia Internacional do Cooperativismo. O slogam deste ano “Cooperativas garantem que ninguém fique para trás”, abrange os princípios de adesão democrática e aberta, gestão democrática e participação econômica dos membros – aspectos amplamente valorizados no território catarinense. A data, celebrada todo primeiro sábado de julho, neste ano será no dia 1º.

O presidente da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem de SC (Sescoop/SC), Luiz Vicente Suzin, ressalta que reforçar o tema escolhido para este ano é essencial para que as cooperativas fortaleçam seu trabalho com foco para o atendimento às necessidades das pessoas. Para isso, basta priorizar os sete princípios do cooperativismo: adesão voluntária e livre – um modelo para todos; gestão democrática – todos têm os mesmos poderes; participação econômica dos membros – todos são donos; autonomia e independência – todos têm autonomia de decisão; educação, formação e informação – todos ensinam e aprendem; intercooperação – todos se ajudam; e interesse pela comunidade – todos saem ganhando.

O tema foi escolhido pelos integrantes da Comissão para a Promoção e Progresso das Cooperativas (COPAC), atualmente presidida pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI). O grupo votou unanimemente, considerando a convergência do tema com, pelo menos sete dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, adotados pela Organização das Nações Unidas (ONU). São eles: erradicação da pobreza; fome zero e agricultura sustentável; saúde e bem-estar; igualdade de gênero; indústria, inovação e infraestrutura; vida na água; e parcerias e meios de implementação.

Na visão de Suzin, Santa Catarina é reconhecida como exemplo nacional de desenvolvimento porque as pessoas assumiram o compromisso com o cooperativismo. “Temos bons gestores, cooperados e colaboradores comprometidos, o que é essencial para manter o crescimento que vem sendo constante em todos os aspectos nos últimos anos”.

Além disso, inúmeros projetos de responsabilidade social e sustentabilidade do Sescoop/SC e das 265 cooperativas reforçam o trabalho para promover qualidade de vida ao público direto das cooperativas e à sociedade. “O foco na formação profissional também é uma das prioridades do sistema e justificam o bom andamento das cooperativas. Afinal, disponibilizar cursos, seminários e palestras aos dirigentes, gestores e colaboradores é uma de forma mantê-los atualizados sobre as inovações nos mais diversos setores da economia”, completa Suzin, ao complementar que no ano passado, o crescimento do cooperativismo foi de 15%.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...