Home » Notícias

Paranaguá e Antonina planejam nova campanha de dragagem

26 janeiro 2018

Próximas campanhas de dragagem terão um diferencial: a inclusão de janelas ambientais nos períodos de reprodução de espécies marinhas

Os Portos de Paranaguá e Antonina pretendem realizar dragagem de manutenção continuada nos próximos cinco anos. O processo é considerado fundamental para manter as dimensões e profundidades previstas, garantindo a segurança da navegação. “Os dois portos ficaram muitos anos sem qualquer investimento em infraestrutura, sem dragagem e sem condição de competir com os demais portos brasileiros”, diz o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino.

As próximas campanhas de dragagem a serem realizadas nos Portos do Paraná terão um diferencial: a inclusão de janelas ambientais nos períodos de reprodução de espécies marinhas. O Porto de Paranaguá é o primeiro no Brasil a apresentar esta proposta aprovada pelo órgão ambiental. Segundo o diretor de Meio Ambiente da Appa, Bruno da Silveira Guimarães, toda a atividade de dragagem foi planejada para que as intervenções se concentrem no menor período de tempo possível e nos momentos mais adequados ambientalmente.

O Plano Conceitual de Dragagem da Appa, previsto na Licença de Operação n° 1173/2013, inclui ainda a realização de programas de monitoramento e acompanhamento, entre eles o de educação ambiental, monitoramento de biota aquática, das águas, da qualidade ambiental dos sedimentos, do volume dragado, monitoramento da dispersão da pluma de sedimentos e dos parâmetros oceanográficos. O gerenciamento ambiental das dragas também contempla as formas de acondicionamento, armazenamento e destinação final dos resíduos sólidos e efluentes gerados, com a elaboração de relatórios periódicos dos sensores das dragas.

As campanhas de dragagem de manutenção programadas garantirão a profundidade obtida com a dragagem de aprofundamento, proporcionando 16 metros de profundidade no canal de acesso externo e entre 15 e 14 metros nos canais de acesso interno. Já a bacia de evolução será mantida com 14 metros de profundidade.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...